Toxina botulínica

10 de janeiro de 2016

A toxina botulínica, popularmente conhecido como Botox, bloqueia os sinais nervosos musculares, enfraquecendo-os e evitando que eles contraiam. Isso diminui a ocorrência das rugas faciais indesejadas.

O principal ponto positivo da utilização desse tratamento é por ele se tratar de uma injeção não cirúrgica, reduzindo ou eliminando temporariamente tanto as rugas quanto diversas outras linhas de expressão de forma minimamente invasiva.

Na dermatologia, a toxina botulínica é usada na correção das rugas de expressão, das assimetrias faciais e também dos casos de hiperidrose. Muitas vezes é aplicada para melhorar o resultado estético de uma cirurgia, pois evita que a área operada sofra alterações durante a recuperação.

Na maioria dos casos a aplicação não necessita ser feita com administração de anestésicos, mas, para tornar o procedimento mais confortável, alguns cremes anestésicos podem ser utilizados.

Os efeitos começam a ser sentidos aproximadamente de 3 a 7 dias após o tratamento, durando em média de 3 a 6 meses.

 

Você sabia que a toxina botulínica também pode ser usada no tratamento da hiperidrose (excesso de suor)? Veja as dicas da Dra. Andréia Mateus: